...

...
Pessoal, só pra constar tudo que tem nesse blog é de minha própria autoria!!!

sábado, 11 de janeiro de 2014

... " Se tudo na vida tem um preço..

 Eu pago!
Se for falar eu falo

E se for pra calar eu calo...
Mais quero meu pedaço de tudo

De tudo que eu possa pagar.
Quero amores fortes e devastadores

E depois remédio pra curar as dores
Sucesso, dinheiro e fama

Religião pra sanar a gana de querer mais um vintém..."

Sandra Sueli





"...Queria escrever a dor do mundo
Mais ela não cabe num poema
Ela grita
Tapemos os ouvidos
Não nos incomodarão
Somos o mal do mundo
Não é a violência, nem as drogas
Somos Nós
Anjos de asas quebradas
Jurando a Deus
De dedos cruzados
Pedindo perdão pelos pecados
E cometendo os mesmos erros.."
Sandra Sueli



Não pense que eu esqueci
Do mal que você me fez
As lágrimas que deixei cair
Por você, acreditei que podia ser melhor
E mais uma vez, não foi como devia ter sido
Não houve tempo para despedidas.
Maldade sua me deixar
A pensar que voltaria a,manhã
Quando na verdade foi de um beijo
Para o nunca mais.
Mais te ouço hoje
Sim!
Te aceito.
Não te evitarei como fizeste comigo...
Te vejo e sinto
Que não há mais motivos
Hoje para ter raiva,
Embora isso não signifique
Não a mágoa
Sim a ela!
Pela verdade do que eu senti um dia.
Pela ausência de uma explicação decente.
Pela justificativa , pela única justificativa que te pedi;
E por todas as explicações e justificativas que você sempre exigiu do mundo....
Porque sei que um dia
Quando eu não mais precisar delas
Você  possa talvez sentir falta de tê-las me dito.

Sandra Sueli


..."Quando as nuvens estão cheias e pesadas, joga a chuva, que cai e lava o chão
Faz assim também meu pobre peito, água salgada pra lavar meu coração..."

quinta-feira, 4 de julho de 2013

Pra Você

 
 
Pra Você
 
 
De amiga pra amigo
Vou falar abertamente
E se você não gostar
Vê se fala
E
Não mente

Quando eu te conheci
Confesso que não gostei
Te achei muito metido
Pouca atenção eu dei

Mais o tempo foi passando
Fomos nos aproximando
Metido você continua
Mais eu fui me acostumando

Daí eu fui percebendo
Algumas coisas de você
Que apesar de toda bossa
De todo culicuticho
Sabe acima de tudo
Como ser um bom amigo
 
Tens me ensino o valor
De uma amizade verdadeira
Que não cobra
E se cobra
È besteira
 
Ah! meu querido
Acho até que tenho uma divida contigo
De  achar que não retribuo
Toda a sua atenção
Eu não sou perfeita
Sabes disso
Então perdoa eu
Quando errar contigo
 
São tantas coisas a dizer
Tantos sentimentos
Momentos
Tempos
Temos muito a contar
Rir, lembrar
O que foi de ruim
De triste
Não andemos lembrando
Só nunca
Jamais
Esqueçamos
Que esse grupo que Deus uniu
Será sempre
Pra sempre
O melhor do Brasil.
 
Sandra Sueli
 
Ao meu amigo Gleidson Brito.
 
 
 
 

quarta-feira, 19 de junho de 2013

Ah..a vida.



...De tudo que da vida vi,
Poucas coisas foram realmente
Algumas nem sequer senti
Não tiveram tempo de nascer da minha mente...
 



...Quando o despertar do sono nos tira o sonho das nossas vidas
Trazemos pra vida real e vivemos o sonho acordados...


Cada nota da musica que toca aqui
 Faz lembrar de você
Que está  ai
E que sei
Lamenta por não me ter
Tentando me esquecer
Também lembra de mim.
Sei segue cada som do violão
Ao balançar a cabeça acompanhando a melodia
Somos nós que passeamos no jardim da história.
O casal quase perfeitamente feliz que a música canta
Quando o despertar do sono nos tira o sonho das nossas vidas
Trazemos pra vida real e vivemos o sonho acordados.



 
...Tenho dores congeladas
São icebergs de lágrimas
Tristeza aos montes sem fim...

segunda-feira, 25 de março de 2013




 
 
 
 
O por do sol é sempre nostálgico para mim
Escurecer não é somente o fim de mais um dia
.....È lamentação...
...do que podia ter sido e não foi,
...da dúvida que continua
E da distância que não encurtou.
Sai de cena o sol que com sua força nos impede de encará-lo
E entra a lua, mãe da reflexão....da luz calma.
Da calma que muitas vezes o dia nos rouba.
Ela me entende porque tem fases como eu.

Sandra Sueli

quinta-feira, 3 de janeiro de 2013

Durante a infância ou até mesmo depois dela muitas pessoas são duramente reprimidas. Isso não pode, isso é feio, isso é um absurdo, aquilo é inaceitável, você jamais pode fazer isso, ir a tal lugar, falar com tais pessoas, pensar sobre determinado assunto. Porque? Você tem que querer isso, fazer desse jeito, ir aquele lugar, ter amizade com aquelas pessoas, pensar desta forma, isso é aceitável, isso é legal. Porque?Talvez essas coisas sejam normal durante um certo tempo. Mais durante toda uma vida, será? Você cresce, e cria seus próprios conceitos, sua próprias opinões, aprende a gostar de outras coisas, a fazer outros planos, a sonhar diferente de muito coisa do que desejaram para você, mais seus gostos e desejos são sempre podados pela vontade de quem acha que tem algum poder sobre você.
Sandra Sueli
Eu começei a perceber, aos poucos, e hoje eu tenho cada vez mais certeza. A vida não é uma linha reta. A linha da vida forma um circulo. Durante o percurso, embora talvez você não perceba, acaba passando por coisas parecidas, problemas que julgava resolvidos: VOLTAM. Amores que julgava esquecidos: REAPARECEM. Sofrimentos aos quais pensou que não voltariam: VOLTAM, e deixa seu coração miudinho de novo. E você cai, e levanta...e quando está tudo caminhando bem. PUF! Você cai de novo. E quando pensa que se tornou forte, um sopro faz cair seu muro de fortalezas e toda a sua fragilidade fica a mostra de novo. E isso é perigoso. Mais ai a gente vai construindo o muro de novo, e mais alto, e cada vez mais alto, na tentativa de que ele não desabe nunca mais, e por momentos acreditamos que isso realmente é póssivel.

sandra sueli

quinta-feira, 14 de junho de 2012

Menino do céu, e agora é que eu percebi, só trazemos o passado em nosso beneficio, ninguém para, pensa e diz: NOSSA! EU MAGOEI  MUITO AS PESSOAS... Mais tem sempre alguém falando: AH, COMO AS PESSOAS ME MAGOAM!


vai entender né?

segunda-feira, 4 de junho de 2012

Além da Vida!!!








Isso que a gente sente, é amor pra toda vida...
Feito um beco sem saida. Sentimento sem razão...
E nem mesmo do além eu te esqueci,
Estou de volta e o que eu encontro?
_A paixão que nem a morte foi capaz de por um fim!
Mais os muros de concretos continuam igualzinhos
E você mesmo aqui perto, esta longe, se esconde...
Eu preciso saber. Alguém responde?
Quantas vidas neste mundo eu vou ter que ultrapassar
Pra que então de uma vez eu seja livre pra te amar??
Você ouve a minha voz? Nem teu eco me responde.
Se continuas a escrever saiba,
Que nem mesmo os teus bilhetes
Estão chegando mais aqui.
Mais se me ouves, não esqueças
Aconteça o que aconteça,
Em quantas vidas tu passares;
Não esqueça de me procurar.
Pois saiba meu amado
Que eu estarei sempre em algum lugar do espaço
Me aprontando pra te amar.

Sandra Sueli